Autenticação


Busca avançada

Relatos Swingprive.com

Um amigão e minha esposa

Boa tarde. Somos um casal maduro. Temos uma vida estável. Ainda não estamos aposentados. Somos de Porto Alegre RS. Bem o objetivo de escrever estas linhas é o de conseguir um amigo que goste de sair, passear e tranzar muito com a esposa de um amigo, com todo o meu consentimento. No caso a minha. È muito difícil você pedir foto pois poucos querem identificar-se mas acho que ela é imprescindível. Pois de que outra maneira você vai avaliar a simpatia de uma pessoa. MINHA ESPOSA: Cor clara, cabelos pintados com mechas de vermelho, natural são negros. Peitos médios, uma bundinha arrebitada e redonda muito bonita chama a atenção dos homens. O rosto dizem é muito bonito e não aparenta a idade que tem. O que quero contar é sobre um único amigo que tínhamos, casou, constituiu família.ja fazem uns cinco anos atrás depois disso nunca mais conhecemos alguém confiável quem sabe agora com minha ajuda alguém se aproxime e de muito prazer sempre baseado na amizade. Na época tínhamos uns 45 anos, íamos a motéis com este amigo, ele a comia muito bem comida, a satisfazia muito, praticávamos tudo com o maior carinho para dar prazer. Quando adentrávamos o motel eu sempre o deixava tomar a iniciativa, as vezes iam tomar uma ducha juntos outras já iniciavam o carinho, beijos e arreto intenso. Ele a acariciava muito levava para a cama, tirava vagarosamente sua roupa, beijava intensamente seus seios, ia baixando até beijar-lhe a bucetinha, ele não tinha nada de dotado m pau normal de uns quinze dezesseis centímetros semelhante ao meu, quando ele via que ela estava ansiosa por ser penetrada ele levantava suas pernas, apoiava em seus ombros e enfiava numa estocada certeira no fundo de sua fonte de prazer, ficava bombeando por muitos minutos. O que ele tinha era uma ereção prolongada, ele fazia um vai e vem rápido arrancando dela gozos fenomenais, ela gemia baixinho e o abraçava, quando ele gozava soltava um urro, para minha surpresa ele não parava após gozar, as vezes o fazia cavalgar, ela espichava as pernas e mexia muito até alcançar outro gozo intenso, como ele demorava muito a gozar na segunda vez rele a colocava de ladinho, outras de bruços, fazendo com que ela alcançasse outros gozos, até ele conseguir gozar pela segunda vez. Então ele deitava para o seu lado eu a acariciava obviamente com o pau duríssimo e a fazia gozar mais uma vez. Descansávamos olhando um filmezinho educativo. Quase sempre ele a levava após um tempo para a ducha ou banheira, ele a banhava com muito carinho, no banheiro ele a encostava na parede cravando-lhe novamente o pau, muitas vezes eu acho que não era na bucetinha pois ele arrancava gemidos fortíssimos ao fazer ele gozar, ficava tremula após o gozo. Eu a tudo assistia e via minha esposa plenamente satisfeita.Outras vezes ele sentava na banheira se acariciavam mutuamente e ele a fazia sentar no seu pau ficando os dois de frente trocando caricias múltiplas até que ela gozasse novamente. Quando vinham para a cama recuperavam as energias. Eu a acrciando, arretando-a sem parar. Fazia ela virar de costas para ele então encostava-se nela e quando o pau endurecia ele cravava com muito carinho em seu cuzinho, eu dedilhava o grelo as vezes enfia um dedo na bucetinha, então calçava a mão em seu púbis para que ele enterrasse no fundo, em certa hora ela soltava um gemido alto prenunciando um dos mais belos gozos que minha esposa tinha, ela arfava sem parar demorando a respiração voltar ao normal, como ele demorava muito a gozar as vezes ele ficava bombeando mais até alcançar o seu gozo, enchendo o anus de minha esposa com a seiva do amor. Ao ele se afastar era minha vez de comer-lhe a linda bundinha, eu cravava até ela alcançar outro intenso gozo. Dávamos um merecido descanso, um bom banho, omde tudo dependia do pau levantar, pois muitas vezes o sexo continuava no banheiro, um lanche leve. Então a arretávamos e fazíamos uma dupla penetração, eu na frente outras ele assim variávamos nossos encontros. Hoje procuro um amigo leal, aqui dos arredores de Porto Alegre, contate-me pelo e-mail kasalflowers@bol.com.br e eu coloco você em contato com ela, só esperamos alguém honesto, amigo, sem ser super em nada. Ela adora viajar conhecer novos lugares, adora animais e flores.Nada de rodízio entre homens apenas um amigo. Sem ser casado não queremos atrapalhar e nem ser solução para casamentos falidos.

Voltar





Comentários Relatos Swingprive.com


menage

OLÁ !! ADOREI SEU RELATO,PODEMOS COMBINAR ALGO DE UMA OLHADA NO MEU PERFIL E NAS MINHAS FOTOS WWW.SEXLOG.COM.BR/JULIO_POA_RS CASO GOSTAREM ME LIGUEM 51-993549039 OU PELO WHATS OK VOU ADORAR CONHECER VCS.ABRAÇOS JULIO

Voltar




Swingprive.com 2018